4 de abr de 2011

PaRTICIPAR..sempre!!!

17 de fev de 2011

Encaixotados ou encaixota?


Há pessoas que se apegam a viver a vida do outro. No mínimo tentam transformar o outro em algo que deseja, transfere suas expectativas e desejos no outro. Mas será que isso é realmente amor? Vejo muitos casais na qual um acaba cedendo totalmente ao outro, deixa de ser ele próprio para se moldar a expectativa do outro. Mas quem é que realmente ama? O que cede ou o que tenta transformar o outro na pessoa ideal de sua vida?! Lembro de ter assistido um filme antigo chamado "Encaixotando Helena". Um dos protagonistas era tão obcecado por uma mulher que, com o tempo ela foi ficando sem partes de seu corpo e ele a acabou encaixotando - não só metaforicamente - em um mundo só deles.  

Quantas pessoas você já conheceu que são assim? Quantas Helenas você encaixotou ou quantas vezes já foi? As vezes alguns filmes são meramente a descrição da personalidade do mundo real. 

E hoje? Você é Helena ou já deixou de ser a muito tempo?!


20 de jan de 2011

Caminhando ao sol..

" Nem todas as tardes serão iguais,
não é mais o mesmo olhar e nem o mesmo sorriso,
nossas conversas serão sobre nossos novos amigos;
E mesmo que o sol se ponha no mesmo horario,
já não é mais como foi ontem...

Hey, não olhe o que se foi com o vento,
uma lágrima levou e ao mundo se acolheu.
Já não ouça mais as mesmas musicas,
e as velhas agora conheceu..

Mas nem todas as tardes serão iguais,
os caminhos do sol já não são mais os mesmos,
outros além de você já passaram,
mas sua marca não apagou.

Pegue sua passagem, guarde na lembrança,
carona.. não barganha, mas pode-se ganhar.
é um dia comum para todos os outros..
mas para nós...
tudo é como sempre nos foi...inconfundivel..inusitado...eternamente."

27 de fev de 2010

Viva la revolucion!

Lembro das críticas a dois atores da Globo por viverem um casal gay em pleno horário nobre, também lembro do preconceito que há toda vez que surge a diversidade no canal aberto. Não esta sendo diferente a polêmica que gira  em torno do BBB10 onde a homofobia, preconceito, simpatias e novas visões estão a flor da pele. No meio disso tudo, esta sendo lançado um novo seriado "AROUCHE BY NIGHT" que poderá ser visto tanto pela TV paga quanto pela TV na internet. A primeira temporada terá 11 capitulos de 45 minutos cada, na qual contará a história de Robson, adolescente, gay e na qual esta aprendendo sobre a vida longe da familia. Um seriado voltado para o público GLS na qual trará muita reflexão além de muitas cenas divertidas e alguns dramas também. 

23 de fev de 2010

Realista..sim..totalmente verdadeiro..humm..

Resolvi assistir mais uma "comédia romântica" que me interessou muito devido a um dos personagens principais que é o gostoso do Gerard Butler,  que por sinal é o "machista" da história, ele possui um programa chamado "A verdade nua e crua ((The Ugly Truth - nome do filme também) mas analisando bem o papel dele, (na minha opinião) vemos que é 90% verdade. Mas em contra partida esta a outra personagem, Katherine Heigl que  por sinal esta linda no papel da produtora de TV, porem ela é controladora e sempre quer tudo do jeito dela (lhe parece familiar?). Mas somente assistindo pra entender e sei que vocês irão gostar (feminista ..acho que não..) pois trata com bom humor as diferenças entre os sexos e talvez possam entender o que se passa na cabeça de cada um...

21 de fev de 2010

Uma hora a mais..onde vou?

Tentando aproveitar o último dia do horário de verão, fui conhecer uma casa que fica próximo ao mêtro St. Cecília, SIGA LA VACA possui um designer diferente e até curioso além das tradicionais estampas de vacas, o cheiro de picanha invade o ambiente, mas devido ser um lugar um pouco fechado, o som das conversas impede que você converse num tom, digamos, mais amigavel.  Infelizmente fui em um dia com a casa cheia, depois de meia hora tentano chamar alguém para me atender consegui o meu pedido e pra finalizar, dessa vez problema da Rede Mastercard, não conseguia ir embora porque o sistema estava ocilando. Mas depois de tudo isso, continua com ponto positivo, já havia conhecido outra casa da rede, o BIROSKA é outro lugar que conheci e tive um excelente atendimento. Aproveitando o problema do cartão, conheci outra casa também da rede (é uma do lado da outra!), o BAR DO NELSON, que agrada principalmente para quem gosta de dançar com o (a) parceiro(a) a moda antiga, música ao vivo e afinados. Vale conferir!

17 de fev de 2010

Muitas são as pessoas que conheço na qual sempre questiona o porquê de eu ter o estilo de vida que tenho. Sou mãe de uma adolescente apesar de ter apenas 3.0, gosto de sair com meus amigos, não sou do tipo que namora anos e anos, entrar em uma igreja de branco (ou qualquer outra cor) não é meu objetivo, sou hetero, as vezes sou um pouco feminista sim mas também defendo os homens com atitudes (ou palavras) consideradas machistas. Acho que é porque tento ver a vida de todas as formas e muitas vezes me coloco no lugar do outro.
Bom, a proposta do blog, é mostrar que podemos sim, manter uma vida e conservar a própria identidade sem ter que sucumbir a uma relação porque a sociedade assim acha certo (lembra da história que depois dos 3.0 fica pra titia?) e também para aqueles que por muitas vezes acha que são os únicos que pensam ou vivem este estilo de vida.